Campeonatos estão de acordo com a filosofia do Yoga?

Bikram Yoga Championship

Na semana passada, foi divulgada no Jornal The New York Times uma notícia no mínimo curiosa. Aconteceu em vários estados americanos, promovido por Bikram Choudhury – criador da modalidade Bikram Yoga (Hot Yoga)– um campeonato de yoga. Cada participante deveria executar uma série pré-determinada de elevado grau de dificuldade. Houve uma votação e os “melhores (!?)” foram premiados. Bikram Choudhury e sua esposa pretendem, a partir desta iniciativa, levar o Yoga para os Jogos Olímpicos.

As reações dentro da comunidade iogue americana foram variadas, mas a maioria se disse incomodada com esta posição de Bikram Choudhury. Embora a divulgação do Yoga possa ser imensa pela sua inclusão nos Jogos Olímpicos, não devemos esquecer que Yoga não é sinônimo de prática física e que não é reservado somente aos mais flexíveis. Classificar as pessoas como melhores iogues pela sua execução de asanas somente é algo que contradiz todos os textos antigos. A prática física é uma parte dentro do mundo do Yoga como estamos vendo nos Yoga Sutras de Patanjali. Fazer divulgação somente deste aspecto da filosofia pode afastar a grande maioria das pessoas ao invés de aproximá-las.

Não precisamos ir muito longe para ver como este assunto é delicado e deve ser analisado com critério. É bastante comum, em todas as modalidades de Yoga, guiar sempre os alunos para que se concentrem em sua prática e que não tentem compará-la com a dos seus vizinhos. Não causaria uma contradição dizer isso durante a aula e, ao fim da prática, incentivar os “melhores” a participarem de uma competição?

Mais uma demonstração da inevitável e, às vezes, polêmica interação de Ocidente e Oriente…não é a primeira e, certamente, não será a última.

Você acredita que  “Campeonatos estão de acordo com a filosofia do Yoga?

Veja aqui a opinião das pessoas sobre este assunto…

Anúncios

2 comentários em “Campeonatos estão de acordo com a filosofia do Yoga?

Os comentários estão encerrados.