Iyengar Yoga: três aspectos importantes

Trikonasana
foto Trikonasana

Quando se fala em Iyengar Yoga, as palavras precisão e alinhamento vêm logo à mente. Talvez estes sejam os aspectos mais utilizados para qualificar este estilo de Hatha Yoga. À medida que começamos a praticar, percebemos que há mais dois outros fatores fundamentais na constituição de uma aula de Iyengar Yoga: a sequência de posturas e o tempo de permanência nelas.

Os aspectos da precisão e do alinhamento são básicos e fundamentam todo o sistema. Não se pode caminhar dentro do Iyengar Yoga sem ter esses dois conceitos presentes e claros na execução de toda e qualquer postura. Porém, além deles, a elaboração da sequência interfere diretamente nos efeitos da prática. O efeito de determinada postura pode ser alterado em função da postura precedente e da seguinte. Uma boa sequência deve potencializar os efeitos benéficos das posturas escolhidas. E indo mais além, não somente a sequência é determinante para aumentar os benefícios, mas a forma com que cada postura está sendo executada, isto é, com que ênfase.

Aliado à precisão e à sequência há ainda um terceiro aspecto que fecha o trio: o tempo de permanência em cada asana. Fazer Trikonasana por 20 segundos é uma coisa…sustentar por 1 ou 2 minutos é outra…bem diferente.

Em resumo, a riqueza deste sistema se dá, dentre outros motivos, pela variedade que podemos conseguir em termos de sequência e permanência, sem nunca esquecer o alinhamento e a precisão na execução dos asanas, e os acessórios como aliados fundamentais.

Para conhecer melhor o Iyengar Yoga no Rio, veja os nossos horários na A!Body Tech.

(*) A foto de Trikonasana foi tirada de Revista Yoga Journal.

Anúncios